sábado, 20 de junho de 2009

A Padroeira do Brasil


Todos os anos aos doze de outubro, acontece em todo Brasil as festas e solenidades alusivas a "NOSSA SENHORA", tida como protetora e padroeira do povo brasileiro. Os festejos são sempre marcados por vários eventos, tais como: Missa assistida por grande número de pessoas. Exposição da imagem da santa, a qual é cultuada e venerada com fervor. E um evento marcante que contribui para abrilhantar a festa, é a grande procissão na qual se faz presente a imagem da santa que é acompanhada por seus muitos fiéis e devotos. Ela é sem dúvida, o grande ídolo do povo católico.

Diante disto, convidamos o prezado leitor a abrir as Escrituras Sagradas e meditar nas seguintes passagens bíblicas:
“Eu sou o Senhor, este é o meu nome; Eu não darei a outro a minha glória, nem consentirei que se tribute aos ídolos (imagens de escultura) o louvor que só a Mim pertence” Isaias 42.8.
“....nada sabem e nada entendem os que carregam em procissão as suas imagens de escultura, e fazem súplicas a um deus que não pode salvar” Isaias 45.20.
Nossa Senhora Aparecida Padroeira do Brasil - Missão Terra Missão Terra Missão Terra


Os ídolos (imagens de escultura) deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens. Têm boca mas não falam; têm olhos mas não vêem; têm ouvidos mas não ouvem; nariz têm, mas não cheiram. Têm mãos mas não apalpam, têm pés mas não andam; nem som algum sai da sua garganta. Tornem-se semelhantes a eles os que os fazem, e todos os que neles confiam” Salmos 115.4 a 8 (Na tradução católica leia Salmos 113:B)

Nossa Senhora Aparecida Padroeira do Brasil - Missão Terra Missão Terra Missão Terra
“Reconhece pois hoje; e considera no teu coração que o Senhor é o único verdadeiro DEUS, desde o alto céu até o mais profundo da terra, e não há outro” Deuteronômio 4.39.
“Não terás outros deuses diante de Mim. Não farás para ti imagens de escultura nem semelhança alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra . Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque Eu sou o Senhor teu DEUS, DEUS zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem” Êxodo 20.3 a 5. “E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens pelo qual devamos ser salvos” Atos 4.12.

Nossa Senhora Aparecida Padroeira do Brasil - Missão Terra Missão Terra Missão Terra
Diante destas verdades bíblicas , perguntamos aos padres e líderes católicos:
* Com que ousadia os senhores promovem solenidades alusivas ao nome desta personagem, fazendo com que ela receba honras e glórias, se a Bíblia cita em Isaias 42.8, que Nosso Senhor não aceita repartir com outras entidades a honra e a glória que só a Ele Pertence?

* Baseado em que os senhores profanam o nome sacrossanto de Nosso Senhor e Salvador JESUS CRISTO, promovendo cultos de louvor e adoração ao nome de outra “divindade”se a Bíblia diz em Atos 4.12 e Mateus 4.10 que não há salvação em nenhum outro nome dado entre os homens, e que só a Ele se deve adorar e prestar culto?


* Aonde os senhores encontram argumentos para carregar em procissão a imagem deste ídolo morto, se a Bíblia diz em Isaias 45.20 que nada sabem e nada entendem os que carregam em procissão as imagens de escultura, clamando e pedindo coisas a um deus que não consegue salvar ninguém?
A Bíblia diz que o Senhor é o único DEUS verdadeiro, e que fora dele não há outro. O único nome digno de ser reverenciado e venerado, é o nome Santo de JESUS, portanto não é aceitável apregoar-se o louvor e adoração a qualquer outra entidade, nem tampouco aos ídolos mudos.


Maria foi sem dúvida alguma, mulher de vida transparente e conduta reta, uma autêntica serva do Senhor, cujo exemplo de vida deveria ser copiado pelas mulheres de nossos dias, e sendo ela portadora de tantas virtudes, fora usada como instrumento para trazer ao mundo o nosso amado JESUS; por isso, nós cristãos, a consideramos como nossa irmã, e um dia nos encontraremos com ela na glória celestial, mas não faz sentido colocá-la como mediadora entre DEUS e os homens; pois a Bíblia confirma em I Timóteo 2.5 que há um só mediador entre DEUS e os homens; JESUS CRISTO, o Justo. Assim como também não podemos tê-la como advogada, pois a Bíblia diz em I João 2.1, que caso alguém venha a pecar, temos somente um advogado junto ao Pai, que é o Senhor JESUS CRISTO. Um outro assunto a considerar é que os Católicos confundem Maria mãe de Jesus com o Aparecida que é uma imagem encontrada no Rio Paraíba. Uma coisa não tem nada a ver com outra. Maria nós conhecemos e respeitamos, a Aparecida, esta imagem de cor negra que adoram, nós entendemos que não tem nada a ver com as Escrituras e pensamos ser uma grande ignorância religiosa prestar culto a algo assim.


Voltando a Maria: O catolicismo nos apresenta Maria como uma forte intercessora , sempre pronta a ouvir as súplicas e petições dirigidas a ela em oração, mas a Bíblia Sagrada nos garante em Eclesiastes 9.5 e 6, que as pessoas ao morrer têm sua memória entregue ao esquecimento; isto é , não possuem mais conhecimento algum do que se passa aqui em nosso meio. Assim sendo , desde o momento em que partiu desta vida até os dias de hoje, Maria nunca soube das incontáveis missas, procissões, novenas, e terços dedicados em seu louvor!!! E você leitor, continuará também dirigindo suas orações a alguém que não está lhe vendo e nem lhe ouvindo?


No Concílio de Latrão, realizado no ano de 649, o Vaticano decidiu por conta própria ensinar que Maria não teve outros filhos além do SENHOR JESUS, e continua até hoje batendo nesta mesma tecla, mas a Bíblia registra em Mateus 1.25 que José não coabitou com Maria sua mulher, somente até nascer JESUS, seu primogênito, fazendo-nos entender que depois disto o casal conviveu maritalmente, desfrutando da vida conjugal em toda a sua plenitude.


A palavra primogênito significa primeiro, e se foi o primeiro é evidente que vieram outros. Comprove esta realidade lendo Marcos 3.32, onde a irmã Maria juntamente com seus filhos e filhas procura pelo SENHOR JESUS, e também João 2.12, onde lemos que CRISTO desceu para capharnaun acompanhado de sua mãe e irmãos. Além do mais , praticar o ato conjugal e conceber filhos não é desonroso para ninguém; desonrosa é a condição de celibato a que são confinados certos religiosos.


A hiperdulia, culto em louvor a Maria, conhecida entre os católicos como “nossa senhora”, foi instituído pelo papa Adriano I , no ano 787 d.c. no Concílio de Nicéia.O culto mariano é portanto uma tradição criada pelos homens. É preferível ficar com a Bíblia , que diz: “Em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens . Negligenciando o mandamento de DEUS, guardais a tradição dos homens” Mateus 15.3 - Marcos 7.7 a 9 - Colossenses 2.8.


Lendo as Escrituras, sentimos na pessoa de nossa irmã Maria, uma mulher humilde que andava sincera diante de DEUS, levando uma vida de simplicidade e que jamais usurpou para si própria os títulos e honrarias idólatras que equivocadamente alguns prestam a ela; como por exemplo, chamá-la de “Rainha Incomparável”, “Mãe de DEUS e dos homens”, “nossa senhora do Bom Parto” , “nossa senhora da Cabeça , “Protetora e Padroeira do Brasil” , “senhora de Fátima” , “senhora do Rosário” , “senhora de Guadalupe” , e etc. Nada disso combina com a personalidade humilde e sincera que Maria tinha , aliás ela mesma tinha consciência de suas limitações. Para espanto de todos nós, a própria Maria precisou aceitar e submeter-se ao Senhor JESUS CRISTO como Senhor de sua vida para obter a salvação eterna!
Maria com muita razão assim nos exortou: “Fazei tudo o que Ele vos disser” João 2.5 - E um dos mandamentos ditos por Ele é: “Somente ao Senhor teu DEUS adorarás e prestarás culto” , Mateus 4.10 - Portanto quem faz diferente, está desacatando uma advertência dada pela própria mãe do Senhor; além do que, Nosso Senhor nunca deu permissão para venerarmos ou prestarmos culto a outras entidades além dEle próprio.


Os defensores do culto a Maria afirmam equivocadamente que o objetivo das imagens colocadas nos templos, não é o culto ou adoração, mas sim para servir como lembrança, em memorial dos santos que estão na glória. É preferível mais uma vez ficar com as Escrituras Sagradas, que dizem em Isaias 44.10, que as imagens de escultura não servem para nada e são de nenhum préstimo. Melhor é ficar com a Bíblia Sagrada e sua Verdade que nos conduz para Céu, do que com doutrinas pagãs e indigestas! Melhor é recorrer ao sangue de JESUS que nos purifica de todo o pecado, do que recorrer aos ídolos mudos do romanismo! Melhor é estar entre aqueles verdadeiros adoradores que adoram o Pai em espírito e em verdade do que com as heresias propagadas pelo clero! Melhor é estar ao lado da Verdade, pois nunca estarei só, se estiver acompanhando da Verdade! “Non sum solus, sed veritas mecum” - costumava dizer Martinho Luthero.


Melhor é beber da água da vida oferecida graciosamente por CRISTO em João 4.10, do que embriagar-se com o cálice de abominações oferecido pela Babilônia dos dias atuais! Isaias 21.9 - Apocalipse 17.5.
Melhor é crer no Deus que criou os homens, do que nos deuses que o homem criou!
Melhor ainda é acatar o conselho do Apóstolo João que nos faz a seguinte advertência:”filhinhos, guardai-vos dos ídolos” . I João 5:21


De acordo com o Salmo 115, a tal senhora é paralítica, cega, surda e muda. O que será que alguém nestas condições pode fazer pelo tão sofrido povo brasileiro? Nada! Prova disto é a situação miserável em que se encontra nosso Brasil.
A finalidade desta missiva não é ofender a quem quer que seja, e nem tampouco exaltar esta ou aquela igreja, pois religiões e igrejas, não salvam ninguém! Também não é o objetivo desta, promover as igrejas protestantes e seus líderes, porque no inferno também haverá protestantes em bom número, inclusive pastores! Isaias 56.8-12. Também não é a intenção desta tentar convencê-los, pois é impossível a um homem, convencer a outro homem a respeito do pecado; só quem pode convencer o homem do seu pecado é o Espírito Santo de DEUS. Se alguém discorda destas palavras, ou sentiu-se ofendido por elas, deve culpar a Bíblia Sagrada, pois é ela quem afirma estas verdades!
Abominamos as doutrinas pagãs ensinadas pelo clero; por outro lado não temos nada contra os sacerdotes, pois o padre, assim como o papa, é tão somente um pecador carente de conversão a Cristo, assim como qualquer outro pecador comum.
Senhores clérigos, o povo católico é inteligente, bastante sincero, e não merece continuar sendo enganado; será que já não é hora de ensinar a Verdade à eles?


Esperamos em DEUS, que entendam o propósito desta mensagem, que é pregar o Santo Evangelho de Nosso Senhor e Salvador JESUS CRISTO e mostrar através da Bíblia Sagrada que os ídolos, (Maria e as imagens), nada podem fazer por alguém. Assim sendo, perguntamos aos padres e seu rebanho se querem hoje trocar os ídolos por Nosso Senhor JESUS CRISTO.


Qualquer sacerdote fiel ao papa e a igreja de Roma rejeitaria taxativamente a uma mensagem como esta, mas se o vosso bom senso falar mais alto, convidamos-vos a deixar os ídolos mortos e aceitar ao verdadeiro DEUS, que é mui digno de ser louvado.
Querido amigo católico, onde passarás a eternidade? Tens uma opção a fazer; O paraíso celestial ou a condenação do inferno! (Purgatório não existe). JESUS CRISTO, ou os ídolos mudos de satanás! As verdades da Bíblia, ou as mentiras do engano religioso!


Para ajudá-lo em sua decisão, lembramos a você de que adorar a Maria ou nossa senhora e qualquer outra entidade além de JESUS é um grave pecado chamado idolatria.


Consulte a Bíblia em Apocalipse capítulo 21, versículo 8, e veja o que acontece com os idólatras, aqueles que praticam este pecado:
“..., e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no (inferno) lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte” .


Se mesmo conhecendo estas verdades bíblicas você, não se arrepender, não deixar a idolatria, e não aceitar a JESUS CRISTO como único Salvador, esteja certo de que seu destino será o inferno.


A missão que temos como cristãos autênticos, é pregar as verdades Bíblicas, aceitá-las ou não, é uma opção inteiramente sua; aliás, o fato de você não crer nos ensinamentos da Bíblia não fará com que eles deixem de ser verdade!


Fazemos votos que tenham optado por CRISTO e seu Santo Evangelho; do contrário terão que ouvir no dia do juízo final, as mais duras palavras que alguém pode ouvir:
“...apartai-vos de Mim, malditos, para o fogo eterno, preparando para o diabo e seus anjos!...” Mateus 25.41.

Extraído do Folheto evangelístico:"Nossa Senhora" A Padroeira do Brasil.

www.missaoterra.com

6 comentários:

luiz antonio disse...

eisto mesmo,adorar imagem de escultura,e um pecado abominavel aos olhos do SENHOR NOSSO DEUS,como esta escrito quem faz isto vai pro inferno,inclusive os padres e os papas que sao os cabeças,alem de inçentivar a idolatria,eles guardam o celibato deixando de lado o casamento que e uma ordenança sagrada,o eterno convenio do casamento

Baú da Promoção disse...

Que coisa esse comentário acima não?
Um senhor que não sabe respeitar a crença de outras religiões???

Não dá para acreditar!

Nay disse...

Respeitar é uma coisa, Baú...agora aceitar é outra...tudo o que ele disse está na Biblía...nda que ele disse foi com o intuito de desreispeitar outra religião...Idolatria é pecado, e se essas pessoas continuarem a cultuar imagens..vão para o INFERNO SIM....mtos preferem ser iludidos com mentiras..qdo a verdade surge, incomoda...Tudo deve ser fundamentado na biblía,e não nos homens e sua palavras...

OLHO VIVO disse...

B R A S I L
UM PAÍS SEM DEUS
Uma Nação De deuses

“BEM-AVENTURADA É A NAÇÃO CUJO DEUS É O SENHOR, E O POVO QUE ELE ESCOLHEU PARA A SUA HERANÇA”
Salmos 33:12

A degradação moral e espiritual tomou conta do Brasil e isto vem de longe, muito longe! Colonizado pelos portugueses católicos convictos, Dom Pedro I, logo após a declarar a independência achou que o Brasil precisava ter um “santo protetor”(?), reconhecido pela igreja e também autorizado pelo Papa. Assim, solicitou ao Vaticano que fizesse de São Pedro de Alcântara o Padroeiro do Brasil. A indicação foi pela devoção especial que ele tinha por ele e por trazer, como imperador, o próprio nome do santo, assim ele decidiu escolhê-lo com padroeiro principal de todo o Império. Isso foi feito a 31 de maio de 1826 tendo o Papa concordado, embora ele, Dom Pedro I, já tivesse feito a consagração do Brasil a Nossa Senhora Aparecida. Ela que em 1717, no rio Paraíba que nasce em São Paulo, foi resgatada por três pescadores recebeu o nome de Nossa Senhora da Imaculada Conceição“Aparecida”. Em 1929, ela foi proclamada Rainha do Brasil e sua Padroeira Oficial, por determinação do papa Pio XI, sendo coroada. O catolicismo cumpriu o seu papel e nós evangélicos tivemos que digerir a tal santa milagrosa que ainda hoje atrai milhares ao seu santuário na cidade que leva o seu nome.

Passados tantos anos sob a suposta proteção de “Aparecida” o que vemos é uma degradação moral espiritual que assola o Brasil e se alastra rapidamente; a nação está em decadência absoluta em todos os aspectos. O hedonismo, do grego hēdonē "prazer" que é uma teoria ou doutrina filosófico-moral que afirma ser o prazer individual e imediato o supremo bem da vida humana tornou-se numa obseção levando o País a bancarrota; a ética desapareceu dando lugar à corrupção; principios elementares de comportamento e de relacionamentos estão sendo desprezados; a religião permitiu aos seus seguidores o exercicio do narcisismo como modelo de conduta; a cultura do sexo, da bebida, das drogas e da imoralidade estão sendo aos poucos institucinalizadas; o que era ilegal está recebendo das autoridades o aval para serem usados abertamente e lamentavelmente nós evangélicos estamos fazendo parte deste mal. Ao invés de nos tornarmos médicos espirituais, nós temos contribuido para a deteriorização social e moral do País. Lamento que nós, povo de Deus, estejamos produzindo muito pouco impacto na sociedade e nos governantes; na cultura, na educação, nas diversões, e na familia a nossa participação tem deixado a desejar, pois nos tornamos reféns de uma religiosidade omissa ou no mínimo conivente com as mazelas deste mundo. Somos o País das seitas e das heresias; da religião “Bom Bril” de mil e uma utilidades, mas que a ferrugem tomou conta; da graça barata; das igrejas voltadas para seus interesses e os de seus líderes e não os do Reino.

A igreja se institucionalizou e transformou Jesus num “ídolo de templos”. Nossos objetivos e valores mudaram, já não buscamos mais uma comunhão na comunidade junto com todos os homens; estamos vivendo segundo o espírito mundano do individualismo e da fama. Do individualismo sim, pois nos fechamos entre as paredes dos templos; endeusamos líderes que buscam os seus negócios e não os de Deus. É assim que vivemos.

Os “deuses” assolaram o Brasil e a população se tornou refém por comodidade e por falta total da presença veradeira da igreja de Jesus Cristo no seio da sociedade. São “Santos Padroeiros” de cidades, estados, agremiações, hospitais, dioceses e vai por ai. O “DEUS” verdadeiro está sendo substituído por um materialismo selvagem onde as imagens são instrumentos de adoração, de integração e de aproximação entre o homem e o Criador como se Deus precisasse de alguém para secretariá-lo no atendimento aos sofrimentos do cidadão. Uma nação que tem uma “santa”(?) como padroeira jamais poderá ser abençoada; uma nação que se dobra a imagens inanimadas feitas por homens coim certeza não receberá a aprovação de Deus para as suas aspirações e necessidades.


Continua...

OLHO VIVO disse...

Continuação...

Hoje qualquer calamidade, qualquer situação de risco ou de individamento entram e cena o ”santos”, e tem para todos os problemas e gosto e assim o povo brasileiro vai tocando o seu misticismo religioso deixando “DEUS” relegado a um segundo ou quem sabe ultimo plano. Se chove muito, da-lhe “santo”; se a seca é brava lá vem um outro para “socorrer” o povo. Tem até o das ”causas impossíveis”. Eu pergunto: Onde Deus entra nesta farra dos milagreiros? Até onde se sabe “DEUS” não delegou a nenhuma “imagem” feita pela mão de homens, o que é óbivio, autoridade para representá-lo ou atender a alguém; isto ele fez com os “HOMENS” dando a estes poderes para curarem enfermos, expulsar demônios entre outras coisas. Mateus 10:7 a 9

“Confundir-se-ão de vergonha os que confiam em IMAGES de escultura, feitas por homens e dizem a elas:Vós sois deuss” - Isaías 42:17

Uma nação bendita descrita pelo salmista busca um DEUS vivo, e vive sob o dominio Dele; Uma nação bem-aventurada não corre atrás de atalhos via “santos” para encontrar Deus; não se vale de quebra galhos para terem as suas preces e orações atendidas até porque com Deus aligação é direta, do contrário estaremos duvidando da sua onipresença, unipotência e oniciência, dando poderes imagens para que possam nos acessorar nas nossas dificuldades e nos nossos problemas. Ou DEUS é de fato DEUS ou então abrimos mão disto e deixamos para seres inanimados as ações de socorrernos nas nossas aflições. Ou deixamos os nossos problemas aos ”pés da cruz” ou então os depositamos acompanhados de uma vela aos “pés de uma imagem” qualquer.

Deus prefere obediência a sacrifícios disse Samuel ao rei Saul. Até a alguns dias atrás não via nesta frase um significado tão gracioso, mas hoje a vejo e a interpreto como uma das frases mais fantásticas e reveladoras do que Deus busca em nós. Tudo depende de nós e de nossa relação com o Criador!

O Brasil está assim e nós evangélicos somos culpados, isto porque as nossas igrejas estão com os tanques de combutível vazios, por esta razão os crentes vão ao mundo buscar alternativas para suprirem as suas necessidade espirituais. Lá encontram produtos de baixa qualidade ou falsificados e acabam trazendo estes para dentro de nossas igrejas.

O despertamento espiritual, normalmente não vem para ricos ou prósperos. O avivamento nasce de lutas, de tribulações, de infortúnio e de circunstãncias adversas, quando as pessoas em desepero, já não sabem a quem recorrer, e aí se voltam para Deus. Uma de minhas passagens favoritas está registrada em I Samuel 30, quando Davi e seus soldados retornam a Ziclague e vêm os Amalequitas que tinham invadido as suas terras, incendiado a cidade, levado cativos as mulheres e os filhos deles. É dificil imaginar o quadro encontrado por eles, mas em lugar de se lamuriarem e de se envolverem em panos de saco, a Bíblia afirtma que Davi se fortaleceu no Senhor. O final é da história é só ler o restante do capítulo... Um líder que estabelece a sua confiança no Deus verdadeiro obtém sucesso nas suas investidas. O povo está confundindo bagunça religiosa com avivamento, barulho com a presença do Espirito Santo, falar em líguas com santificação.


Continua...

OLHO VIVO disse...

Continuação...

No meio evangélico percebe-se, hoje, um comodismo e uma estagnação por parte dos fiéis. Muitos crentes enxergam e vivem a fé e a espiritualidade como algo do tipo freqüentar cultos. Todas as igrejas “sem exceção” adoram fazer festas, congressos, shows, espetáculos, encontros, palestras e mais um monte de coisas que só aumentam as agendas das mesmas. Não podemos mudar a sociedade porque não conseguimos mudar a nós mesmos. O “Espírito Santo” não aprecia coisas desta natureza, se ele não pode ser “SOBERANO”, ele prefere retirar-se e ai a fonte de água viva acaba secando e os crentes buscam no mundo válvulas de escape para as suas necessidades. Precisamos entender que o campo de batalha favorito de Satanás são os bancos da igreja e como ele tem derrotado muita gente ali.

Festas enobrecem o ego, mas não acrescentam nada no caráter cristão. Espetáculos só servem para mostrar que ofertamos a Deus a oferta de Caim, pois se estivéssemos preocupados em ofertar o melhor para Deus, nunca realizaríamos tais eventos ou gastaríamos nossas ofertas com shows, antes sairíamos ao encontro dos pobres, dos marginalizados, dos doentes e dos fracos. No entanto, diante do que Deus busca em nós, uma pergunta fica sem resposta, será que de fato pensamos no céu alguma vez?

Carlos Roberto Martins de Souza
crms2casa@hotmail.com